quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

O artista que pintou um cavalo azul

Um livro que vem muito a propósito.
Na última página pode ler-se:
"Eric Carle nasceu nos Estados Unidos em 1929, mas passou a sua adolescência na Alemanha. Naquela altura, o repressivo regime nazi proibiu a criação ou a exibição da arte moderna, expressionista, ou abstrata, à qual chamaram "degenerada". Mas um dia, quando Eric tinha 12 ou 13 anos, o seu professor e arte, Herr Krauss, mostrou-lhe em segredo alguma dessa arte proibida..."

Tal com Eric Carle estivemos a desenhar e pintar os nossos animais imaginários.
Começaram os meninos  mais pequenos, que adoraram que a Ofélia seguisse o seu traço de lápis com caneta preta, como que a dizer  "está muito bem desenhado".




1 comentário: